Sublimação ou serigrafia, qual a melhor?

 

As duas possuem pontos positivos e negativos, entretanto é necessário antes de tudo conhecer as suas reais necessidades para definir a que irá melhor satisfazer as necessidades do seu negócio. Entretanto, antes de falarmos sobre estes pontos, vamos primeiro entender como cada uma funciona.

O que é serigrafia?

A serigrafia é uma arte que consiste em transferir o desenho de um molde para um objeto, podendo ser uma camiseta, algo de vidro, alumínio e diversos outros matérias. Existem máquinas que utilizam esses moldes, mas ela costuma ser utilizada mais manualmente, pois você passa por cima do molde de nylon um rodo, fixando assim a tinta no seu produto.

tinta para serigrafia é bem variada, podendo ser à base de água ou de solvente, sendo que a primeira necessita de uma camada de revestimento para poder fixar bem e na segunda os solventes presentes em sua composição já realizam esse trabalho.

O que é sublimação?

Enquanto na serigrafia possuímos um molde, na sublimação nossa estampa é impressa e inserida no nosso produto por meio de transferência, passando da impressão para o que desejamos estampar, podendo ser utilizada em camisetas, porcelana, vidro, cerâmica, entre outros.

Para a realização desse modelo, precisamos utilizar a tinta sublimática em uma impressora e depois utilizar uma prensa térmica que é responsável pela transferência da estampa para o produto em questão.

Sublimação ou Serigrafia?

Como na serigrafia utilizamos molde, muitas vezes não conseguimos inserir detalhes mais precisos, já que funciona como um estêncil o que dificulta também a utilização de várias cores em uma mesma estampa.

A serigrafia é muito recomendada para quem deseja fazer várias estampas semelhantes, para não acabar elevando os seus custos de elaborar sempre um molde diferente para a produção de um novo produto.

Como na sublimação a estampa é impressa, podemos trabalhar com volumes menores sem encarecer os custos de sua produção, entretanto existem algumas limitações para a sua boa utilização em peças escuras, quando se torna inevitável a opção da serigrafia.

Outro ponto a se considerar, é quanto à composição da peça quando estamos falando de camiseta, pois na sublimação elas precisam ter pelo menos 80% poliéster para a obtenção de bons resultados.

Em questão de espaços, as duas vão ocupar praticamente o mesmo espaço, mas na sublimação é necessário saber que envolve os custos de eletricidade, enquanto a serigrafia é possível apenas utilizarmos acessórios mais simples na pintura do molde.

voltar ao Blog